Comware – Configuração de rota estática IPv6

Durante o recebimento de pacotes para comunicação entre máquinas IPv6, o Roteador efetua uma consulta na sua tabela de roteamento IPv6 para verificar se existe alguma rota para o destino. Se a rota existir o pacote será encaminhado, senão, o pacote será descartado.

A maior parte dos parâmetros de configuração de rotas estáticas em IPv6 são idênticos ao IPv4. Como por exemplo, rota estática padrão, sumarizada e flutuante.

Os parâmetros para inserir uma rota estática IPv6 em equipamentos baseados no Comware, são:

[MSR] ipv6 route [endereço-ipv6-de-destino] [tamanho-do-prefixo] [próximo-salto]

O next-hop (ou próximo salto) pode ser identificado por um endereço IPv6, interface de saída ou ambos.

É possível verificar a tabela de roteamento IPv6 com o comando display ipv6 routing-table.

A rota “ipv6 route-static ::0 0 [próximo-salto]” é uma “rota padrão” e corresponde a qualquer prefixo IPv6 (utilizado quando uma rota específica não é encontrada na tabela de roteamento).

Exemplo de Configuração

Comware - Rota Estática IPv6

Endereço do next-hop como link-local

Caso haja a necessidade de configurar o endereço de next-hop como endereço IPv6 link-local, é necessário configurar a interface de saída, como no exemplo abaixo:

ipv6 route-static 2001:db8:222::2 64 GigabitEthernet0/0 fe80::88e5:7aff:fe7

Testes

Para validar as rotas configuradas resumimos alguns comandos abaixo:

ping ipv6 [endereço do host em IPv6]
! Testes de Ping

tracert ip [endereço do host em IPv6]
! Testes de tracerout

display ipv6 routing-table
! Verificar tabela de roteamento IPv6

display ipv6 interface [interface com endereço IPv6 no roteador]
! Verifique todos os endereços IPv6 da interface ( global, link-local, etc)

Até mais! 🙂

Route leaking – roteamento estático entre VRFs

A tradução literal para route leaking seria “vazamento de rotas” e esse tipo de configuração permite que determinadas configurações que isolam o roteamento de cada tabela de rotas, como a utilização de VRFs por exemplo, troquem roteamento entre as VRFs (vpn-instance).

Em posts anteriores, publicamos um artigo sobre o roteamento entre VRFs utizando MP-BGP em Switches e Roteadores HP baseados no Comware, mas nesse exemplo, a função é apenas permitir o roteamento entre as vpn-instances para algumas rotas.

Durante a configuração do “route leaking” lembre-se de planejar a configuração de rotas sempre pensando no tráfego bidirecional, isto é, configurando tambem as rotas de retorno.

O Overlapping de subredes nas VRFs pode também ser utilizado, mas requerem configurações de NAT inter-VRF ( ou inter-VPN instance NAT) que somente são suportados em roteadores.

Restrições

As rotas estáticas precisam do endereço do next-hop e há limitação para rotas diretamente conectadas no roteamento inter-VRF.

Para o roteamentro entre VLANs nas VRFs, utilize o MP-BGP.

Somente os roteadores  suportam a configuração de NAT para esse cenário (para os equipamentos baseados no Comware).

Configuração

No exemplo abaixo, o roteador possui duas VRF (vermelha e azul) que necessitam acessar 1 uma rede da outra VRF (lembrando que a utilização de VRFs permite o isolamento das tabelas de roteamento).

VRF static Route leaking - Comware

#
 ip route-static vpn-instance vermelho 192.168.3.0 24 vpn-instance azul 192.168.23.3
 ip route-static vpn-instance azul 192.168.1.0 24 vpn-instance vermelho 192.168.12.1
#

Obs: lembre-se que o roteamento de retorno tem que estar configurado nos roteadores R1 e R2 do exemplo.

Outra coisa bacana é que também é possível configurar o roteamento de uma VRF para a tabela global de um roteador.

Referências

VRFs em Switches e Roteadores baseados no Comware
http://www.comutadores.com.br/vrf-em-switches-e-roteadores-hpn-vpn-instance/

Roteamento entre VRF
http://www.comutadores.com.br/roteamento-entre-vrfs-com-mp-bgp-em-roteadores-hp-h3c/

Building HP FlexFabric Data Centers student guide – Rev. 14.41

Comware: Rota estática flutuante (floating static route)

Uma rota estática flutuante é uma rota estática com uma distância administrativa maior do que a estabelecida por padrão em Switches e Roteadores. Por exemplo, no Comware da HP as rotas estáticas possuem distância administrativa com o valor 60 e o protocolo OSPF com as rotas externas com o valor 150, nesse caso pelo fato da menor distância administrativa ser escolhida quando duas rotas idênticas são aprendidas de maneiras distintas pelo roteador, o equipamento escolherá o processo com menor AD ( administative distance/ distancia administrativa).

Como exemplo, poderíamos imaginar um roteador com 2 links, em um deles a rota 192.168.1.0/24 pode ser aprendida via rotas externas OSPF e nesse caso precisaremos encaminhar o tráfego para esse link como principal. Já como backup configuraríamos a rota estática 192.168.1.0/24 com a distância administrativa com o valor 250 apontando para o next-hop do segundo link.

Quando o primeiro link apresentar problemas, o processo OSPF perceberá a falha e removerá a rota 192.168.1.0/24 aprendida dinamicamente e começará a utilizar a rota estática (não utilizada anteriormente) com o mesmo endereço 192.168.1.0/24 configurada para encaminhar os pacotes para o segundo link.

Quando o OSPF voltar a funcionar com o restabelecimento do primeiro link, a rota estática deixará de ser utilizada, voltando para o encaminhamento de pacotes pela rota aprendida dinamicamente.

[Comware]  ip route-static 192.168.1.0 255.255.255.0 172.17.1.2 preference 250

Obs: Lembre-se que a rota estática só entrará na tabela de roteamento se a interface correspondente ao próximo salto (next-hop) estiver UP.

Caso tenham alguma dúvida sobre o assunto, deixem um comentário.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Dist%C3%A2ncia_administrativa

http://www.rotadefault.com.br/rota-estatica-flutuante-floating-static-route/

Abração a todos

 

Video: Roteamento entre VLANs e configuração de rota estática para Switches HPN, 3Com e H3C

Fala Galera, tudo bom!?

Segue mais uma vídeo-aula produzida por nós, contendo dessa vez o assunto Roteamento entre VLANs utilizando Switches ou Roteadores, além de falarmos também sobre roteamento estático, Topologia, etc.. para equipamentos baseados no Comware (HP , 3Com e H3C) .

Ainda estou apanhando um pouco no formado das vídeo-aulas, mas espero que o vídeo seja útil. 😉




Abração

Alterando a distância administrativa para as rotas estáticas para Switches e Roteadores baseados no Comware.

Eu já escrevi alguns post sobre a atenção que deve ser dada para a integração entre Switches e Roteadores 3Com, H3C e HPN quando há a necessidade de compartilhar o roteamento dinâmico.

Como no exemplo abaixo, podemos ver que por padrão, toda rota estática é atribuída com o valor 60 para a distância administrativa. De forma didática, faço a comparação nas duas saídas do comando “display ip routing-table” da escolha da tabela de Roteamento pela rota aprendida com a menor distância adminstrativa (no primeiro quadro via rota estática e no segundo exemplo via OSPF).

[HPN] ip route-static 192.168.10.0 255.255.255.0 192.168.12.2
[HPN]
[HPN] display ip routing-table
Routing Tables: Public
        Destinations : 5        Routes : 5

Destination/Mask    Proto  Pre  Cost         NextHop         Interface

127.0.0.0/8         Direct 0    0            127.0.0.1       InLoop0
127.0.0.1/32        Direct 0    0            127.0.0.1       InLoop0
192.168.10.0/24     Static 60   0            192.168.12.2    Eth0/0/0
192.168.12.0/30     Direct 0    0            192.168.12.1    Eth0/0/0
192.168.12.1/32     Direct 0    0            127.0.0.1       InLoop0

Com a rota aprendida dinâmicamente via OSPF (e a estática ainda configurada), percebam que o roteador insere apenas a rota com a menor distância administrativa (valor 10 para o OSPF).

[HPN]display ip routing-table
Routing Tables: Public
        Destinations : 5        Routes : 5

Destination/Mask    Proto  Pre  Cost         NextHop         Interface

127.0.0.0/8         Direct 0    0            127.0.0.1       InLoop0
127.0.0.1/32        Direct 0    0            127.0.0.1       InLoop0
192.168.10.0/24     OSPF   10   2            192.168.12.2    Eth0/0/0
192.168.12.0/30     Direct 0    0            192.168.12.1    Eth0/0/0
192.168.12.1/32     Direct 0    0            127.0.0.1       InLoop0

Apesar da rota aprendida dinâmicamente “tomar” o lugar da rota estática e possuir o mesmo next-hop (no caso 192.168.12.2, interface Eth0/0/0), em redes mais complexas, o roteamento poderia escolher um caminho menos desejado pelo administrador de rede, visto que em equipamentos de outros fabricantes as rotas estáticas são atribuídas com a distâncias administrativa 1 ( e isso pode passar desapercebido ).

O comando “ip route-static default-preference 1” ajuda aqueles que estão acostumados a trabalhar com ambos roteamento dinâmico e estático, permitindo que as novas rotas configuradas possuam a distância adminstrativa 1 (nesse caso, melhor que todos os protocolos de Roteamento Dinâmico).

[HPN] ip route-static default-preference 1

Caso você prefira escolher manualmente o peso que cada rota terá, basta adicionar o “preference” no final de cada rota.

[HPN] ip route-static 192.168.20.0 255.255.255.0 192.168.12.2  preference ?
  INTEGER  Preference value range

Abração

Distância administrativa em Switches L3 e Roteadores H3C/3Com/HP Serie A

A tabela de roteamento dos Switches L3 e Roteadores, insere os destinos aprendidos manualmente (rotas estáticas ou redes diretamente conectadas) ou dinamicamente (aprendidos via protocolo de roteamento dinâmico).

 
Para os casos de uma destino ser aprendido de diferentes formas, como por exemplo, o prefixo 192.168.1.0/24 ser aprendido via RIP e OSPF, o Roteador dará preferência para a rota com  Distância Administrativa de menor valor, no caso, o destino aprendido via OSPF terá preferência pelo valor 10 em detrimento do protocolo RIP com o valor 100 (nesse exemplo a rota eo gateway da rede que será inserido na tabela de roteamento será o aprendido via OSPF).Perceba que as rotas diretamente conectadas possuem a prioridade 0 (zero) e serão roteadas internamente pelo dispositivo.

 
A Distância Administrativa possui apenas função local e não é compartilhada pelo protocolo de roteamento. Um detalhe importante a ser percebido é a diferença com os valores atribuídos para a distancia administrativa para Roteadores Cisco. Em todo caso para evitar problemas em cenários com mais de 1 protocolo de roteamento, altere a métrica  em um dos dois dispositivos.

 

Distância Adm. HP Serie A
Distância Adm. Cisco
Directly Connected
0
0
OSPF
10
110
IS-IS
15
115
STATIC
60
1
RIP
100
120
OSPF ASE
150
110
OSPF NSSA
150
110
IBGP
255
200
EBGP
255
20
Unknown
256
255

Abraços a todos