Switches HP A7500 – QoS – Efetuando a marcação de Pacotes com Policy

A densidade de portas e banda disponivel em modernos Switches empilhaveis ou modulares permite um bom desempenho na comunicação entre Serviços na Rede Local.

Em modelos de QoS a utilização de Switches tem a função de permitir a confiança (trust) de pacotes ja marcados na origem como Telefones IP e Aplicações para tratamento em Links congestionados como em uma rede WAN , incluindo tambem a marcação e a remarcação de pacotes para o mesmo fim.

A atribuição de QoS em Roteadores ocorre devido ao gargalo gerado por Links 100/1000/10000Gbps de Switches em contraste com Links de comunicação via Internet ou Redes Privadas que são proporcionamente menores que a vazão do tráfego necessária.

Para a tratativa do tráfego utilizamos filas de prioridade com a utilização de algoritmos como WRR,WFQ,SP e etc.

Na necessidade de atribuir a marcação de um determinado tráfego para diferentes politicas de Qualidade de Serviço (QoS) é possível utilizar o seguinte esquema:


ACL:
 Não mandatória, permite a seleção de trafego para filtro de classificação de tráfego;

Classifier: Classificação do trágego (baseado em uma ACL, Tag de VLAN, etc)
Behavior: Comportamento para o tráfego , como por exemplo, marcação IP Precedence no pacote IP, descarte de pacote, etc
Policy: Permite o vinculo da classificação com o comportamento para ser atribuido a uma interface.

Configurando
No script abaixo mostraremos um exemplo de configuração para marcação do tráfego de qualquer origem com destino a porta TCP 50001:

acl number 3000
! Criando uma ACL avançada
rule permit tcp destination-port eq 50001
! Permitindo qualquer origem efetuar conexão TCP na porta de destino 50001
#
traffic classifier AF32 operator and
! Criando a classificaçaõ com o nome AF32
if-match acl 3000
!Dando match na ACL 3000 para futura utilização 
#
traffic behavior AF32
! Criando o comportamento com nome AF32
remark dscp af32
! Marcando/Remarcando o tráfego que será classificado com o valor dscp af32 
!( notação 28 em decimal)
accounting
! Efetuando a contagem dos pacotes marcados (opção não obrigatória)
#
qos policy MARKING
!Criando a policy com o nome MARKING
classifier AF32 behavior AF32
! Vinculando a classificação com nome AF32 com o comportamento com nome AF32 
!( não é obrigatório utilizar o mesmo nome no classifier e no behavior)
#
interface GigabitEthernet1/0/2
description INTERFACE_INBOUND_ACESSO_INTERNO
qos apply policy MARKING inbound 
! Permite a marcação do tráfego com a policy MARKING na entrada do pacote
qos trust dscp
! Não remarca os pacotes não listados na policy.
! Confiando na marcaçaõ dscp do pacote

Obs: No exemplo acima, após satisfazer as condições da politica de marcação IP Precedence, o pacote irá manter o valor até o fim da comunicação para ser tratado pelos dispositivos no caminho caso seja necessário. Como por exemplo, na separação do tráfego, usando a sua marcação AF32( notação 28 em decimal) em contraste com um pacote não marcado. 

Uma boa semana a todos! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *