Switches 3Com 5500 – Configurando XRN

O XRN é uma tecnologia proprietária da 3Com que permite a diversos Switches de Camada 3 o comportamento de um único dispositivo de comutação lógico chamado Fabric.

O gerenciamento desses dispositivos aparecem na CLI (linha de comando) como um único dispositivo para informações e configuração de Camada 2 e Camada 3.

O XRN oferece ao Fabric alta disponibilidade e melhor performance para os Switches da pilha

Empilhamento pelas portas de UpLink GigabitEthernet
Empilhamento pelas portas traseirsas com o cabo XFB

 

Configurando XRN via portas de UpLink em 2 Switches 5500-EI de 28 portas 

Para evitarmos confusão chamaremos os Switches de A e Switch B.

A 3Com recomenda efetuarmos o empilhamento em Switches da mesma Familia e mesma versão de Sistema Operacional.

Switch A
system-view
fabric-port GigabitEthernet 1/0/25 enable
#
change unit-id 1 to 1
#
set unit 1 name Switch1
#
sysname Switch_Core
#
xrn-fabric authentication-mode simple senha 

Switch B
system-view
fabric-port GigabitEthernet 1/0/26 enable
#
change unit-id 1 to 2
#
set unit 2 name Switch2
#
sysname Switch_Core
#
xrn-fabric authentication-mode simple senha

Segue abaixo alguns commandos display

display xrn-fabric
Fabric name is Switch_Core, system mode is L3.
Unit Name Unit ID
Switch1 1(*)
Switch2 2

display xrn-fabric portGigabitEthernet1/0/25
Fabric peer: GigabitEthernet2/0/26
Fabric Status: Active
Fabric mode: Auto-speed(1000M), Auto-duplex(Full)
input: 22944 packets, 2089000 bytes, 0 input errors
output: 26381 packets, 2572664 bytes, 0 output errors
GigabitEthernet2/0/26
Fabric peer: GigabitEthernet1/0/25
Fabric Status: Active
Fabric mode: Auto-speed(1000M), Auto-duplex(Full)
input: 25903 packets, 2523607 bytes, 0 input errors
output: 22676 packets, 2060448 bytes, 0 output errors

Verificação do Spanning-tree

É interessante verificarmos que mesmo com a existência da conexão física entre o Switch A pela porta Giga 1/0/25 e o Switch B com a porta Giga1/0/26 (no Fabric 2/0/26), as portas não são tratadas como uma conexão entre duas Bridges distintas, isto é, o cabo que interliga os dois Switches atua como um barramento “rudimentar” para comunicação e sincronização de informação entre os dois equipamentos.

Para testes, configuramos a VLAN 2 nas portas Ethernet 1/0/1 e Ethernet 2/0/1 e efetuamos o teste de PING com 2 máquina na mesma subrede. A Comunicação entre os dois hosts foi efetuado com sucesso. Com o comando display interface nas portas de empilhamento é possível visualizar o tipo da porta como stack e a comunicação de todas as VLANs configuradas no Fabric, mesmo sem configurarmos explicitamente as portas com permissão para todas as VLANs.

 

display interface g1/0/25 
GigabitEthernet1/0/25 current state : UP
IP Sending Frames' Format is PKTFMT_ETHNT_2, Hardware address is 001e-c1f0-b35b
Media type is twisted pair, loopback not set
Port hardware type is 1000_BASE_T_AN_SFP
1000Mbps-speed mode, full-duplex mode
Link speed type is autonegotiation, link duplex type is autonegotiation
Flow-control is not enabled
The Maximum Frame Length is 1522
Broadcast MAX-ratio: 100%
Unicast MAX-ratio: 100%
Multicast MAX-ratio: 100%
Allow jumbo frame to pass
PVID: 1Mdi type: auto
Port link-type: stack
Tagged VLAN ID : all
Untagged VLAN ID : none
Last 300 seconds input: 0 packets/sec 49 bytes/sec
Last 300 seconds output: 0 packets/sec 62 bytes/sec
Input(total): 25839 packets, 2341344 bytes
89 broadcasts, 4565 multicasts, 0 pauses
Input(normal): - packets, - bytes
- broadcasts, - multicasts, - pauses
Input: 0 input errors, 0 runts, 0 giants, - throttles, 0 CRC
0 frame, - overruns, 0 aborts, 0 ignored, - parity errors
Output(total): 29543 packets, 2838020 bytes
582 broadcasts, 4622 multicasts, 0 pauses
Output(normal): - packets, - bytes
- broadcasts, - multicasts, - pauses
Output: 0 output errors, - underruns, - buffer failures
0 aborts, 0 deferred, 0 collisions, 0 late collisions
0 lost carrier, - no carrier

Configuração final

#
sysname Switch_Core
#
vlan 1
#
vlan 2
#
interface Ethernet1/0/1
port access vlan 2
#
interface GigabitEthernet1/0/25
#
fabric-port GigabitEthernet1/0/25 enable
xrn-fabric authentication-mode simple 123456
#
interface Ethernet2/0/1
port access vlan 2
#
interface GigabitEthernet2/0/26
#
fabric-port GigabitEthernet2/0/26 enable
xrn-fabric authentication-mode simple 123456
#
return
[Switch_Core]

abração! 😉

 

 

 

 

10 thoughts on “Switches 3Com 5500 – Configurando XRN

  1. Pedro de Almeida 28 de julho de 2012 / 22:06

    Olá Diego! Uma dúvida sobre configuração do XRN: Tenho dois 5500G e fiz o Uplink usando o link-aggregation utilizando duas portas (Gi0/9 e 0/10 em cada switch).
    Posso fazer a configuração em uma das portas ou tenho que usar outra porta que não faz parte do link-aggregation?
    Grande abraço!

    • Diego Dias 3 de agosto de 2012 / 15:14

      Olá Pedro,

      Você deverá configurar as portas que deverão participar do grupo de agregação de portas!

      Abração

  2. Pedro de Almeida 4 de agosto de 2012 / 15:53

    Olá,
    As portas do grupo agregação são do tipo trunk, elas mudarão para: Port link-type: stack ?
    Tentei seguir a rotina, não deu certo.

  3. CesarKumazawa 24 de outubro de 2013 / 14:13

    Pedro, quando você faz o stacking pelas portas, o link-aggregation “morre”. Todo tráfego agora, vai pelo stack. Então, se o seu foco for o throughput, mantenha o LA.

    Abçs

  4. Pedro Henrique De Almeida Rodrigues 24 de outubro de 2013 / 18:25

    Obrigado pela respostas Cesar, mantive o stacking, ficou bem melhor.

  5. Jefeson 24 de abril de 2014 / 15:52

    Olá Diego! Você sabe informar qual o comando que mostra somente o status das interfaces de forma resumida? O display interface GigabitEthernet mostra muita informação, eu preciso somente do “current state”…

    • Diego Dias 26 de abril de 2014 / 3:28

      Jeferson, tente o display interface brief

  6. Fabiano 13 de agosto de 2014 / 18:40

    Oi Diego! Tenho 3 switchs e efetuei o empilhamento pelas portas traseirsas com o cabo XFB, porém somente 2 switchs comunicam.
    Ja alternei a ordem e troquei os cabos, pois um switch não comunica com os outros. Apesar de fisicamente os leds das portas traseiras estarem todas ok (verde), mas não funciona.

  7. Luiz Fernando 20 de fevereiro de 2015 / 12:24

    Bom dia Diego !
    Estou com um problema em um cliente onde hoje possui 4 switches da linha 5500 e estão empilhados via cabo stack.
    Cliente reclama que quando um switch é desligado, toda a rede cai, não está funcionando a redundancia. gostaria de saber se você me ajudar a configurar de forma correta esse empilhamento. Acredito que devo habilitar o STP ou RSTP e pela nº da prioridade definir o Switch mestre assim como o switch suplente. Estou certo ? Se vc poder me ajudar ficarei grato !
    Obrigado

  8. Luiz Dias 16 de março de 2015 / 18:43

    Amigo, boa tarde!
    Compramos um SW novo da HP A5500, é o que ficou no lugar do antigo da 3COM, porem não tem esse comando fabric nem XRN.
    Eu já possuo na rede 2 sw 3com 5500 ligados pelo Stk, esse novo quero coloca-lo via Gebic.
    Alguém poderia me ajudar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *