Multitenant Device Context (MDC)

O Multitenant Device Context (MDC) é uma tecnologia que permite o particionamento de um dispositivo  em diversos equipamentos lógicos (Switches ou Roteadores HP baseado no Comware).

Cada MDC utilizará uma porção do hardware e os seus recursos, rodando os processos de forma independente dos outros MDCs. Uma simples ação de criar, iniciar, reiniciar ou deletar um MDC não afeta outros MDCs.

Da perspectiva do cliente, o MDC é um equipamento individual.

MDC 1

IRF e o MDC

A tecnologia IRF permite agregarmos 2 ou mais equipamentos em um único dispositivo lógico facilitando assim a administração dos equipamentos.

Já o MDC permite que diferentes clientes utilizem os recursos do equipamento de forma independente. Features como VLAN IDs, roteamento e protocolos  de gerenciamento atuam de forma isolada dentro do “contexto”. Gerando assim economia na venda de serviços, espaço em rack, energia eletrica, etc.

Para permitir a comunicação entre MDCs é necessário conectar um cabo entre os MDCs.

O gerenciamento dos MDCs que estão no mesmo equipamento é efetuado pelo MDC default (admin MDC). É possível logar  individualmente e diretamente nos MDCs com protocolos como SSH ou telnet.

Diferente de VRFs (vpn-instances) que apenas virtualizam a tabela de roteamento sobre uma única administração, o MDC permite a separação do gerenciamento e processos.

Arquitetura e Features MDC

Um MDC pode ser considerado um equipamento individual baseando-se no conceito de container para virtualização do SO(sistema operacional) Comware 7. Um container é uma forma de virtualização no nível do SO, um ambiente totalmente isolado, simulando um sistema independente no mesmo host.

Cada MDC é um equipamento lógico definido em um equipamento fisico. O equipamento físico pode ser um único Switch ou um par de Switches em IRF.

Cada MDC tem também o data plane isolado, permitindo que o ID das VLAN sejam definidos e repetidos em cada MDC mas funcionando de maneira independente. As portas são reservadas ao nivel de cada ASICs por MDC, já a CPU é compartilhada e concorre por recursos. A documentação diz que se um MDC necessita de recursos enquanto um segundo MDC está ocioso, o primeiro MDC pode alocar mais recursos de CPU.

MDC 2

 

A configuração do MDC só é possível até o momento em Switches modulares com o suporte ao Comware7. A quantidade de MDCs pode variar dependendo da capacidade computacional do Main Process Unit (MPU) do Switch Chassis.

Os Switches com a feature MDC tem um admin MDC (MDC número 1) que pode gerenciar todos os recursos de hardware dos outros MDCs, permitindo a criação e a remoção do MDC. O mesmo não pode ser removido.

Mesmo com a utilização de diversos MDCs em um device, apenas um kernel é inicializado e por isso os MDCs precisam executar a mesma versão de firmware. A documentação diz que o equipamento que suporta os MDCs é chamado de Admin MDC e é o MDC 1 e por padrão quando o kernel é iniciado, o MDC 1 é  o utilizado para administrar os outros MDCs.

Na definição de um MDC é possível a alocação de peso para de uso de CPU por MDC afim de priorizar MDCs especificos, é possível também definir a alocação de disco, uso de memória, grupos de processos restritos, etc. Para o MDC admin não há limitação de recursos.

Para a alocação de interfaces, é necessario a reserva por grupo de ASICs. Em um Switch modular cada modulo/cartão (LPUs) tem um ou mais ASICs. Quando um frame chega ao Switch funções como analise de VLANs, endereços MAC são executados pelos ASICs e um ASIC pode ter diversas interfaces físicas.

No exemplo abaixo, durante a alocação de apenas uma porta para o MDC2, o switch apresenta  a mensagem que a interface FortyGigE 1/1/0/1 participa do mesmo port-group que as interfaces listadas.

[Switch-mdc-2-mdc2]allocate interface FortyGigE 1/1/0/1
Configuration of the interfaces will be lost. Continue? [Y/N]:y
Group error: all interfaces of one group must be allocated to the same mdc.
FortyGigE1/1/0/1
Port list of group 5:
FortyGigE1/1/0/1 FortyGigE1/1/0/2
FortyGigE1/1/0/3 FortyGigE1/1/0/4
FortyGigE1/1/0/5 FortyGigE1/1/0/6
FortyGigE1/1/0/7 FortyGigE1/1/0/8

A tabela abaixo apresenta o grupo de portas de alguns módulos nos Switches 12500.

MDC 3

Configurando um MDC

  1. Defina o MDC com o ID e nome
  2. Configure a autorização de alocação da line card (LPU)
  3. Aloque as interfaces por grupo baseado no ASIC
  4. Inicie o MDC
  5. Acesse o MDC utilizando o comando switchto

 

[Switch] mdc clientex id 2
! criando o MDC clientec com o id 2
[Switch-mdc-2-clientex] location slot 2
!  autorizando o uso da LPU no slot 2
[Switch-mdc-2-clientex] allocate interface giga 2/0/1 to 2/0/48
! alocando as interfaces na LPU no slot 2
!
[Switch-mdc-2-clientex] mdc start
! iniciando o mdc
[Switch-mdc-2-clientex] quit
!
[Switch] switchto mdc clientex
! conectando no mdc clientex

Validando as portas reservadas por MDC no admin MDC

[Switch]display  mdc interface
 MDC Admin's interface(s):
  M-Ethernet0/0/0

 MDC clientex's interface(s):
  GigabitEthernet2/0/1                 GigabitEthernet2/0/2                 
  GigabitEthernet2/0/3                 GigabitEthernet2/0/4
  GigabitEthernet2/0/5                 GigabitEthernet2/0/6
  GigabitEthernet2/0/7                 GigabitEthernet2/0/8

!output omitido

Até logo

Referência

Building HP FlexFabric Data Centers student guide – HP Expert one – Rev14.41

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *