Falando um pouco mais sobre custo STP

Uma vez que o Switch root da rede é definido, os Switches não-Root definirão a partir do Switch Root o melhor caminho para ele e bloquearão os caminhos redundantes, afim de evitar loop na rede.

O custo atribuído à velocidade da porta é um fator determinante na escolha do melhor caminho.

STP Cost Comware

No exemplo acima, o Switch SW2 bloqueou o caminho com maior custo para o Switch Root.

Nos casos em que é necessário saber qual o custo de cada porta (em Switches baseados no Comware) verifique com o comando display stp interface [nome-da-interface número-da-interface] :

[Switch]display stp interface GigabitEthernet 1/0/1
 ----[CIST][Port2(GigabitEthernet1/0/1)][FORWARDING]----
 Port protocol       : Enabled
 Port role           : Designated Port (Boundary)
 Port ID             : 128.2
 Port cost(Legacy)   : Config=auto, Active=20
 Desg.bridge/port    : 32768.0837-6c44-0100, 128.2
<saída omitida>

Para manipulação manual dos custos das portas STP  acesse o post: http://www.comutadores.com.br/spanning-tree-manipulando-o-custo-do-caminho-para-o-root-path-cost/

Um comando bem interessante para validar qual o custo utilizado de um Switch não-Root para o Switch root é o display stp root:

[SW2]display stp root
 MST ID   Root Bridge ID        ExtPathCost IntPathCost Root Port
 0        0.0837-6c44-0100      23          0           GE1/0/2


[SW3]display stp root
 MST ID   Root Bridge ID        ExtPathCost IntPathCost Root Port
 0        0.0837-6c44-0100      43          0           GE1/0/1

Dúvidas? deixe um comentário.
Até breve.

4 thoughts on “Falando um pouco mais sobre custo STP

  1. Leandro 2 de abril de 2016 / 1:38

    Muito bom msm o post… acompanho seus post a uns 5 anos… sempre muito bem explicado e necessarios. .
    Obrigado por compartilhar os preciosos conhecimentos…

    Poderia responder os emails que as pessoas enviam. .massssss.
    Ta bom… abraço

    • Diego Dias 8 de abril de 2016 / 13:12

      kkkkkk
      Leandro, vou tentar responder a tempo…
      Obrigado pela mensagem.

  2. Alan 9 de maio de 2016 / 20:30

    Excelente meu camarada,
    Como sempre muito bom meu velho, me diz uma coisa…você num dá aula n? Um curso online talvez.

    Obrigado!

    • Diego Dias 12 de maio de 2016 / 13:53

      Olá Alan, tenho ministrado treinamentos dentro de empresas somente. As aulas onlines são um desejo que preciso me organizar e me adaptar para conclui-las. Por enquanto, com o blog diretamente, tenho trabalhado somente com os ebooks e as vezes flertando com vídeos no youtube.

      Agradeço o contato.

      Abração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *