Boas Festas!

Amigos, quero desejar a todos Boas Festas.

Como sempre, gostaria de agradecer todas as visitas, dicas, emails e comentários.

Para finalizar o ano, gostaria de compartilhar uma parte de um texto bem conhecido das bem-aventuranças citados por Jesus no sermão da montanha. O texto traz refrigério em momentos difíceis, assim como foi esse ano de 2016.

Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
Mateus 5:4-7

Um grande abraço a todos.

Comware: Configurando o atributo MED em anúncios de prefixos BGP via route-policy

O propósito do atributo MED (ou MULTI_EXIT_DISC) é permitir que rotadores em um determinado AS digam a roteadores em outro AS a preferência de caminho para determinado prefixo. Apesar de conseguir manipular o “custo” de decisão do melhor caminho em outro AS, o MED não está no topo das escolhas de prioridades do protocolo, mas em diversos casos é muito eficiente.

Apesar de eu já ter utilizado o parâmetro algumas vezes, sempre me esqueço do comando correto e não consigo encontrar nos “Configure Guide” da vida em cenários com a aplicação do MED dentro de uma route policy. Uma das coisas mais legais de ter um blog é poder salvar assuntos que no futuro também facilitarão minha vida. 🙂

Voltando ao assunto… há a possibilidade de configurar o atributo MED direto no processo BGP (já para a versão7 do Comware a configuração deverá ser feita dentro do address-family).

Entretando, para configurar o MED dentro de uma route-policy o comando correto para atribuir um valor para o BGP Multi-Exit Discriminator é apply cost [valor MED].

route-policy SET_MED permit node 10
 if-match ip address prefix-list abc
 apply cost 1000

Seleção de rotas BGP antes do atributo MED

Segue abaixo a lista com a ordem para escolha da melhor rota na tabela BGP antes do atributo MED:

    1. Seleciona a rota com maior preferred_value (similar ao weight da Cisco).
    2. Seleciona a rota com maior Local_Pref.
    3. Seleciona a rota originada pelo roteador local.
    4. Seleciona a rota com menor AS-Path.
    5. Seleciona a rota baseado na prioridade de origem.
    6. Seleciona a rota com o menor MED.

Obs: Caso as opções de melhor preferência estejam com os mesmos atributos, o MED será a sexta opção para desempate.

Exemplo de Configuração

Comware BGP MED

No cenário acima o roteador RB anuncia o prefixo 192.168.11.0/24 com o atributo MED com valor 10 e o roteador RC também anuncia o prefixo 192.168.11.0/24 mas com o atributo MED como 20.

Os Roteadores do AS 64500 comparam o menor MED e caso não exista melhor parâmetro para seleção, o atributo MED será escolhido para encaminhar o tráfego ao roteador (vence o menor valor MED).

Configuração do Roteador RB (com o Comware7)

#
ip prefix-list rede_192 index 5 permit 192.168.11.0 24
#
route-policy SET_MED_10 permit node 10
 if-match ip address prefix-list rede_192
 apply cost 10
#
bgp 64507
 peer 192.168.12.2 as-number 64500
#
 address-family ipv4 unicast
     peer 192.168.12.2 enable
     peer 192.168.12.2 route-policy SET_MED_10 export
#

Os roteadores do ASN 64500 terão em sua tabela BGP o seguinte cenário:

[RE]display bgp routing-table ipv4
 Total number of routes: 5
 BGP local router ID is 192.168.3.3
 Status codes: * - valid, > - best, d - dampened, h - history,
               s - suppressed, S - stale, i - internal, e – external
               Origin: i - IGP, e - EGP, ? - incomplete
     Network            NextHop         MED        LocPrf     PrefVal Path/Ogn
* >i 192.168.1.0        192.168.12.1    0          100        0       64507i
*  e                    192.168.13.1    0                     0       64507
  >i 192.168.2.0        192.168.2.2     0          100        0       i
* >i 192.168.11.0       192.168.12.1    10         100        0       64507i
*  e                    192.168.34.1    20                    0       64507i

Veja que a rota “best” em nosso cenário é o prefixo com menor valor do atributo MED.

Até logo!

Referências

CCIE Routing and Switching Certification Guide, 4th Edition, Cisco Press, Wendell Odom, Rus Healy, Denise Donohue

Artigos mais populares de 2015

Galera, segue abaixo a lista dos artigos mais acessados no site comutadores no ano de 2015.

1. Switches 3Com 5500 – Guia rápido de Configuração
http://www.comutadores.com.br/switches-3com-5500-guia-rapido-de-configuracao/

2. Comandos Secretos para os Switches 3Com Baseline e HP v1910
http://www.comutadores.com.br/comandos-secretos-para-os-switches-3com-baseline-e-hp-v1910/

3. VLAN – Trunk utilizando 802.1q (dot1q)
http://www.comutadores.com.br/vlan-trunk-utilizando-802-1q-dot1q/

4. Elegendo o Switch Root do Spanning-Tree
http://www.comutadores.com.br/elegendo-o-switch-root-do-spanning-tree/

5. Perguntas e Respostas: Portas Access/Trunk/Híbrida, LACP e STP.
http://www.comutadores.com.br/perguntas-e-respostas-portas-access-trunk-hibrida-lacp-e-stp/

Boas Festas!

familia cierais- sem fundo 1
Galera, queria escrever esse último post do ano para finalizar as atividades do blog para 2015 e tirar uns dias de descanso. Além de desejar um bom final de ano para vocês! 🙂

Agradeço mais uma vez a todos os leitores pela audiência, as dicas e comentários. É um prazer acompanhar os acessos e ver como o site cresceu. Já no começo do próximo semestre iniciaremos nosso 5º ano! Agradeço também o investimento e a confiança no blog com a compra dos ebooks.

Para encerrar, quero desejar a todos vocês que o próximo ano seja menos turbulento, mais tranquilo, próspero, com muita saúde e em família. Gostaria de compartilhar abaixo 2 textos que gosto muito.

Bom descanso e boas festas.

Vamos à luta.

Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu: tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou, tempo de matar e tempo de curar, tempo de derrubar e tempo de construir, tempo de chorar e tempo de rir, tempo de prantear e tempo de dançar, tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las, tempo de abraçar e tempo de se conter, tempo de procurar e tempo de desistir, tempo de guardar e tempo de lançar fora, tempo de rasgar e tempo de costurar, tempo de calar e tempo de falar, tempo de amar e tempo de odiar, tempo de lutar e tempo de viver em paz. O que ganha o trabalhador com todo o seu esforço? Tenho visto o fardo que Deus impôs aos homens.

Ele fez tudo apropriado a seu tempo. Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade; mesmo assim este não consegue compreender inteiramente o que Deus fez. Descobri que não há nada melhor para o homem do que ser feliz e praticar o bem enquanto vive. Descobri também que poder comer, beber e ser recompensado pelo seu trabalho, é um presente de Deus.‘ Eclesiastes 3:1-13

Atire o seu pão sobre as águas, e depois de muitos dias você tornará a encontrá-lo.
Eclesiastes 11:1

Deus abençoe.

Boas Festas!

Galera, quero deixar a todos um agradecimento pela audiência em 2014. Desejos também que o próximo ano ocorra acima das nossas expectativas tanto no âmbito profissional quanto no pessoal.

Agradeço por cada email, mensagens de incentivo, por cada ebook adquirido e feedback sobre o blog.

“Descobri que não há nada melhor para o homem do que ser feliz e praticar o bem enquanto vive.
Descobri também que poder comer, beber e ser recompensado pelo seu trabalho, é um presente de Deus.” Eclesiastes 3:12-13 (versão NVI)

Boas festas a todos! 🙂

Siga-nos no facebook https://www.facebook.com/RotaDefault

Gratuitous ARP em Switches HP baseados no Comware

O Protocolo ARP é utilizado na comunicação entre dispositivos em uma Rede Ethernet da mesma Sub-rede que utilizam endereços IPv4. A principal função do ARP é a tradução de endereços IP em endereços MAC. O emissor encaminha em broadcast um pacote ARP contendo o endereço IP do outro host e espera uma resposta com um endereço MAC respectivo.

Em resumo, o ARP auxilia os computadores e Switches que utilizam endereços IPv4 (endereço lógico) ,  a encontrarem o endereço mac (endereço físico) das máquinas em redes Ethernet.

Todo endereço da camada de rede, precisa do mapeamento do endereço da camada de enlace.

Assim,  todos os equipamentos de rede montam uma tabela ARP dinâmica (em redes LAN), que é atualizada de tempos em tempos (o tempo pode variar dependendo do Sistema Operacional) caso alguma máquina troque de IP, ou aprenda um endereço “velho” via DHCP.

Segue abaixo a saída da tabela ARP de uma máquina rodando windows 7.

C:\Users\comutadores>arp -a
Interface: 192.168.99.104 --- 0x10
  Internet Address      Physical Address      Type
  192.168.99.1          14-d6-4d-7e-f7-d8     dynamic
  192.168.99.100        10-3b-59-c7-62-34     dynamic
  192.168.99.102        e8-8d-28-f2-60-7b     dynamic
  192.168.99.255        ff-ff-ff-ff-ff-ff     static
  224.0.0.22            01-00-5e-00-00-16     static
  224.0.0.251           01-00-5e-00-00-fb     static
  224.0.0.252           01-00-5e-00-00-fc     static
  239.255.255.250       01-00-5e-7f-ff-fa     static
  255.255.255.255       ff-ff-ff-ff-ff-ff     static

Uma das  funções do protocolo ARP é o Gratuitous ARP, que permite o envio de requisição ou resposta (contendo o mapeamento endereço IP + endereço MAC) mesmo quando não é solicitado.

O gratuitous ARP é uma mensagem enviada geralmente para atualizar a tabela ARP.

Por exemplo, imagine que todas as máquinas de uma rede possuam como gateway um Switch de Distribuição que precisa ser substituído por um novo equipamento mais robusto e moderno. Agora, imagine que essa migração deva ocorrer de maneira quase que imperceptível por inúmeras restrições. O novo Switch é então conectado a todos os outros Switches da rede, incluindo o Switch legado, e cada vez que uma interface do Switch legado é colocada em shutdown (desligada), a mesma é configurada no Switch novo.

Pense que, uma vez que o gateway é movido para outro equipamento (com o mesmo IP) o endereço mac  deverá mudar…

A configuração do gratuitous ARP deverá auxiliar nessa questão, com o novo equipamento enviando a atualização do endereço IP + MAC para todos os dispositivos da rede.

interface Vlan-interface1
 ip address 192.168.99.1 255.255.255.0
 arp send-gratuitous-arp 

Após a certificação e sucesso da migração, o comando poderá ser removido da interface vlan.

[Switch-Vlan-interface1]undo arp send-gratuitous-arp

Espero ter ajudado 😉

Dúvidas, deixe um comentário!

Boas Festas!!

Olá Amigos,

gostaria de iniciar esse email de virada do ano agradecendo ao Roger Sales, ao Ricardo Loganbr, ao Paulo Roque e a Millena Mota, por me auxiliarem no conteúdo do site, e a todos os leitores do blog pela credibilidade depositada. Agradeço também a todos que colaboraram com a compra dos eBooks (126 materiais vendidos, distribuídos em 24 Estados do Brasil) e que de forma indireta colaboraram com a manutenção dos blogs RotaDefault e Comutadores, confiando na compra e no recebimento do material.

Desculpo-me com aqueles que enviaram email e não foram respondidos, por motivo de falta de tempo ou por algum motivo pessoal e também por alguns artigos sugeridos que não tive tempo de escrever.

Nos últimos anos nossos blogs têm trazido muitas alegrias profissionais e pessoais e cada vez mais nos sentimos honrados pelos acessos, elogios, sugestões e correções.

Obviamente, temos o sonho de profissionalizar nossos sites e, futuramente, administrá-los como uma empresa, mas agimos para que isso seja uma consequência do trabalho.

Para 2013, já temos novos posts e ideias, para mudanças de formatos de publicação, aguardem!

Desejamos a todos que nos seguem, um Feliz Ano de 2013, com saúde, paz, amor, graça e a presença cada vez maior do Espírito Santo de Deus em nossas vidas.

Um grande abraço e a Paz do Senhor!

Até o ano que vem… 😀