Boas Festas!

familia cierais- sem fundo 1
Galera, queria escrever esse último post do ano para finalizar as atividades do blog para 2015 e tirar uns dias de descanso. Além de desejar um bom final de ano para vocês! 🙂

Agradeço mais uma vez a todos os leitores pela audiência, as dicas e comentários. É um prazer acompanhar os acessos e ver como o site cresceu. Já no começo do próximo semestre iniciaremos nosso 5º ano! Agradeço também o investimento e a confiança no blog com a compra dos ebooks.

Para encerrar, quero desejar a todos vocês que o próximo ano seja menos turbulento, mais tranquilo, próspero, com muita saúde e em família. Gostaria de compartilhar abaixo 2 textos que gosto muito.

Bom descanso e boas festas.

Vamos à luta.

Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu: tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou, tempo de matar e tempo de curar, tempo de derrubar e tempo de construir, tempo de chorar e tempo de rir, tempo de prantear e tempo de dançar, tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las, tempo de abraçar e tempo de se conter, tempo de procurar e tempo de desistir, tempo de guardar e tempo de lançar fora, tempo de rasgar e tempo de costurar, tempo de calar e tempo de falar, tempo de amar e tempo de odiar, tempo de lutar e tempo de viver em paz. O que ganha o trabalhador com todo o seu esforço? Tenho visto o fardo que Deus impôs aos homens.

Ele fez tudo apropriado a seu tempo. Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade; mesmo assim este não consegue compreender inteiramente o que Deus fez. Descobri que não há nada melhor para o homem do que ser feliz e praticar o bem enquanto vive. Descobri também que poder comer, beber e ser recompensado pelo seu trabalho, é um presente de Deus.‘ Eclesiastes 3:1-13

Atire o seu pão sobre as águas, e depois de muitos dias você tornará a encontrá-lo.
Eclesiastes 11:1

Deus abençoe.

Comware 7 – Configurando o GRE

O GRE (Generic Routing Encapsulation) é um protocolo de tunelamento que pode encapsular diversos protocolos dentro de tuneis IP, criando links ponto-a-ponto virtuais entre roteadores remotos.

O protocolo é extremamente funcional em diversos cenários, pois foi desenvolvido para permitir que redes remotas pareçam estar diretamente conectadas. Como o GRE não faz a criptografia, o GRE pode trabalhar em conjunto com IPsec para garantir a integridade das informações quando necessário.

Abaixo podemos observar a representação do encapsulamento de um pacote IP pelo GRE como também a inclusão de um novo cabeçalho.

GRE header

O interessante é que o protocolo de transporte poderia ser o IPv6 e o protocolo encapsulado poderia ser o IPX, tráfego Multicast, etc; E ao ser entregue ao roteador de destino, o novo cabeçalho é removido e o pacote é entregue intacto.

Segue abaixo um exemplo de configuração de um túnel GRE para Roteadores com o Comware 7, fechando a adjacência OSPF entre 2 roteadores separados por uma rede MPLS. Nos testes usamos o roteador HP VSR1000.

comware 7 GRE

Tabela de Rotas e tracert do Roteador R2

[R2]disp ip routing-table | inc O
192.168.1.0/24     O_INTRA 10  1563        192.168.13.1    Tun0

<R2>tracert 192.168.13.1
traceroute to 192.168.13.1 (192.168.13.1), 30 hops at most, 52 bytes each packet, press CTRL_C to break
 1  192.168.23.2 (192.168.23.2)  0.488 ms  0.523 ms  1.668 ms
 2  192.168.13.1 (192.168.13.1)  0.962 ms  5.463 ms  0.881 ms

<R2>tracert 192.168.1.1
traceroute to 192.168.1.1 (192.168.1.1), 30 hops at most, 52 bytes each packet, press CTRL_C to break
 1  192.168.1.1 (192.168.1.1)  1.116 ms  2.588 ms  1.731 ms

Referências

http://www.comutadores.com.br/roteadores-hp-6600-protocolo-de-tunelamento-gre/

http://www.rotadefault.com.br/protocolo-de-tunelamento-gre/