Comware7: uRPF

A funcionalidade uRPF (Unicast Reverse Path Forwarding) protege a rede contra ataques do tipo spoofing. A técnica de spoofing é utilizada por atacantes que falsificam o endereço IP de origem do pacote para os mais diversos fins.

O uRPF pode impedir esses ataques de spoofing com o endereço de origem. Ele verifica se a interface que recebeu um pacote é a interface de saída na FIB, que corresponde ao endereço de origem do pacote. Caso contrário, a uRPF considera um ataque de falsificação e descarta o pacote.

Lembrando que por padrão, para o encaminhamento de pacotes, o roteador valida apenas o endereço de destino de um pacote IP.

Exemplo

Em um exemplo simples, é como se um roteador com uma interface com o endereço de LAN 192.168.1.0/24 receber um pacote com o endereço de origem 172.16.1.20. Esse endereço não faz parte da rede local.

Continue reading

Vídeo:ACL Básica

As ACL (Access Control List) são utilizadas para classificar tráfego para os mais diversos fins, como por exemplo, políticas de filtro de pacotes, QoS e PBR.

Uma ACL pode classificar um tráfego baseando-se no fluxo de dados que entram ou saem de uma interface (porta física, interface VLAN, VLAN, etc).

Na maioria dos casos uma ACL é utilizada para determinar se um pacote será permitido ou descartado em uma interface com as ações PERMIT ou DENY.

Até!

Vídeo: arpspoof (+ sslstrip)

Os ataques à rede local do tipo man-in-the-middle, ou comumente conhecido como MITM, permitem ao atacante posicionar-se no meio da comunicação entre duas partes. Este ataque é útil para conduzir outros ataques, como sniffing (captura das informações) e session hijacking (sequestro de sessão).

A ferramenta arpspoof falsifica mensagems ARP reply com o intuido de direcionar o tráfego da máquina alvo para a máquina do atacante.

A ferramenta SSLStrip, escrita por Moxie Marlinspike, é bastante utilizada em um ataque man-in-the-middle para SSL Hijacking. O SSLStrip fecha uma sessão HTTP com a vítima e uma sessão HTTPS com a página web, capturando assim as informações que deveriam ser criptografadas.

até!